Notícias

PEDIDOS DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL CAEM 25,8% NO 1º SEMESTRE, DIZ SERASA

Maior número de pedidos partiu de pequenas empresas, seguido das médias e grandes.

O número de pedidos de recuperação judicial caiu 25,8% no acumulado de janeiro a junho ante o mesmo período em 2016, para 685 ocorrências, segundo dados do Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, divulgado nesta quarta-feira (5). De janeiro a junho de 2016, foram 923 pedidos contra 492 em 2015.

No primeiro semestre de 2017, as micro e pequenas empresas tiveram 403 pedidos, seguidas pelas médias (179) e pelas grandes empresas (103), segundo a Serasa.

Segundo economistas da Serasa, a redução da inflação e dos juros, a estabilização do dólar e a retomada, ainda que lenta, contribuíram para a redução no número de pedidos no período.

Somente no mês de junho, foram feitos 111 pedidos de recuperações judiciais, queda de 36,9% em relação a maio. Já em relação a junho de 2016, os pedidos caíram 33,9% (111 em julho/2017 contra 168 em junho/2016).

As micro e pequenas empresas lideraram os requerimentos de recuperação judicial em junho de 2017, com 56 pedidos, seguidas pelas médias (31) e pelas grandes empresas (24).

Falências

No primeiro semestre, os pedidos de falência foram 4,6% menores, com 829 casos, em relação aos 869 requerimentos no mesmo período em 2016. Na comparação com janeiro a junho de 2015, o número de pedidos de falência subiu 3,88%. Dos 829 requerimentos de falência efetuados no primeiro semestre 2017, 417 foram de micro e pequenas empresas, 190 médias e 222 de grandes.

Fonte: G1
Posts Recentes

Conteúdo relacionado