OSX, de Eike Batista, entra com novo pedido de recuperação judicial

A OSX, empresa de construção naval de Eike Batista, ingressou neste sábado (20/1/) com um segundo pedido de recuperação judicial na Justiça do Rio de Janeiro.

Segundo a solicitação, é preciso um novo processo por causa da administração do Porto de Açú, no Rio de Janeiro, que tem instalações da OSX. A informação é da revista Veja.

A OSX, que tem uma dívida de R$ 7,9 bilhões, afirma que o Porto de Açú atuou de forma “negligente” e precária” no primeiro processo de recuperação judicial. Segundo a petição, o porto não arcou com sua responsabilidade de gerar receita a permitir o pagamento dos credores.

A companhia como exemplos a recusa de firmamento de contratos de locação. Por isso, argumenta a empresa, é preciso um segundo processo para que consiga cumprir suas obrigações com os credores.

Fonte: ConJur


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *