GRUPO ABRIL DESTINA R$ 10 MILHÕES PARA VERBAS RESCISÓRIAS

O Grupo Abril, dono de uma das maiores editoras de revistas do país, informou que vai destinar cerca de R$ 10 milhões para o pagamento parcial de verbas rescisórias dos funcionários demitidos no mês passado. O pagamento vai ocorrer até o dia 17 deste mês.

Em nota, a companhia afirmou que os recursos vão permitir o pagamento de até 70% do saldo que cada funcionário tem a receber, limitado a R$ 15 mil. Dos 804 ex-empregados, 330 vão receber mais de 50% das rescisões devidas, informou a Abril.

Os recursos são provenientes de adiantamentos de receitas publicitárias fechados pela companhia. O restante dos valores, de acordo com a nota, será pago conforme o plano de recuperação judicial a ser apresentado aos credores.

A Abril entrou com pedido de recuperação no dia 15 de agosto e foi aceito no dia seguinte pelo juiz Paulo Furtado, da 2ª Vara de Falência e Recuperação Judiciais de São Paulo. As demissões foram feitas no dia 6 de agosto, depois de a companhia anunciar uma reformulação, com o fechamento de várias revistas. A dívida da Abril é de R$ 1,6 bilhão.

Desde meados de julho, o grupo é conduzido por Marcos Haaland, que foi nomeado presidente executivo. Haaland é sócio da consultoria Alvarez & Marsal, especializada em projetos de reestruturação de empresas.

Fonte: Valor Econômico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *