Por André Ramalho

– A 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro homologou na segunda (1º de julho) o plano de recuperação judicial da Constellation, ex-Queiroz Galvão Óleo e Gás (QGOG). Aprovado em assembleia geral dos credores no último dia 28 de junho, o plano prevê o pagamento da dívida em sua totalidade, no valor de US$ 1,8 bilhão.

A companhia, fornecedora de sondas de perfuração e plataformas de óleo e gás, entrou em recuperação judicial em dezembro de 2018.

Na classe de trabalhadores e fornecedores, os pagamentos das dívidas serão realizados em até 90 dias a partir da publicação da homologação do plano.

Na classe de credores, o plano prevê o alongamento do prazo de pagamento dos vencimentos. Em acordo prévio feito com acionistas, os bancos internacionais que financiam os projetos, o Bradesco e os detentores de títulos de dívida (“bondholders”) concordaram em aportar cerca de US$ 100 milhões para dar liquidez à empresa.

Fonte: Valor Econômico