Por Rodrigo Carro e Paula Selmi

RIO E SÃO PAULO – (Atualizada às 19h15) A Oi informou nesta segunda-feira que, até o momento, fechou 12 mil acordos com credores, abrangendo um total de R$ 160 milhões em créditos incluídos no seu processo de recuperação judicial. Cerca de 26 mil credores se cadastraram para participar do programa de acordo que prevê o pagamento de dívidas até o teto de R$50 mil.

Podem aderir ao programa credores que têm mais de R$ 50 mil a receber, embora o pagamento fique restrito a este teto.

Segundo a empresa, dos pouco mais de 55 mil credores que fazem parte da recuperação judicial, 53 mil têm valores a receber até R$ 50 mil. A Oi encerra no próximo dia 19 de outubro o programa para acordo com credores.

Para o credor cujo crédito for inferior ou igual a R$ 50 mil, o pagamento é efetuado em duas parcelas. A primeira, correspondente a 90% do valor, acontece em até dez dias úteis após a assinatura do termo de acordo. Os 10% do crédito remanescente serão recebidos pelo credor em até dez dias úteis após a homologação do Plano de Recuperação Judicial, a ser votado em assembleia geral de credores, marcada para 23 de outubro.

Diretoria

A companhia informou também que Ricardo Malavazi Martins renunciou aos cargos de diretor de finanças e de relações com investidores (RI).

A diretoria da Oi designou Carlos Augusto Machado Pereira de Almeida Brandão para exercer interinamente suas funções atuais de diretor de finanças e de RI, até que o conselho de administração delibere a respeito.

Fonte: Valor Econômico